Elepê, livro de contos do músico, compositor e gatófilo caxiense Luiz Paulo Faccioli, marca sua estréia literária. Luiz Paulo na vida real trabalha na Caixa Econômica Federal e mostra que veio para ficar na terra da ficção. As narrativas são bem construídas, elegantes, cheias de sutilezas e tratam de música, gatos, livros, amigos, família, relações e muitos outros temas com competência, conduzindo os leitores aos finais. Na introdução da obra, Luiz Antonio de Assis Brasil diz que o começo de Faccioli é uma esperança que se realiza e que temos nele um autor. O Assis está certo, é por aí mesmo.

Jaime Cimenti
Coluna Livros, Jornal do Comércio, 29/09/2000

Voltar