Caro Luiz Paulo,

Excelente, o Elepê que gentilmente me enviaste e que li (ou ouvi) com o maior prazer. Não apenas és um notável narrador como também tens uma especial sensibilidade que te habilita a captar o "ar de nosso tempo". Gostei especialmente de Peter's Friends: ali está o tradicional jantar, um ritual da classe média, não apenas analisado e compreendido, mas explorado em sua oculta realidade. Mas o conto vai além disso e seu surpreendente final introduz uma dimensão surrealista na narrativa. O mesmo surrealismo que está presente no pungente Intimidade.

A Cíntia deve estar orgulhosa de seu pupilo(*). Ótimo: casal que escreve unido, permanece unido! Um abraço a ela, e outro, muito especial, a ti, deste desde já teu fã, o Moacyr.

Elepê é inclusive um bom título para quem tem L. P. no nome!

Moacyr Scliar
em carta de 12/10/2000

(*) referência aos agradecimentos feitos no livro

Voltar