A capa do livro e o criativo intercalar dos contos já valem pontos.

Depois, a exuberante capacidade descritiva assinala o talento de Luiz Paulo Faccioli nas 86 páginas desse promissor trabalho de estréia. Convincente nas escapadas vigorosas pela imaginação, o A referenda a grande cota de humanidade dos relatos. À noite todos os gatos são pardos exemplifica a maturidade "já na estréia".

Dorothy Camargo Gallo
em depoimento de 27/01/2001

Voltar